Google Shopping atualiza regras para atributo GTIN

A partir de 17 de setembro de 2013, será necessário que os itens enviados ao Google Shopping (Google Merchants) sejam cadastrados com valores válidos no atributo GTIN (sequência numérica de código de barras) para divulgar produtos no comparador de preços.

De acordo com informativo da Google, os arquivos XML gerados com valores GTIN inválidos ou nulos serão rejeitados pelo Google Shopping e não aparecerão nos resultados de pesquisas desse comparador de preços.

No Brasil, o atributo GTIN utilizado é o código EAN, normalmente com 13 dígitos (ocasionalmente podem ser 8 ou 14 dígitos numéricos), e ISBN (para livros comerciais).
Continuar lendo

Mercado online: Internet já é a mídia mais importante para brasileiros

mercado onlineUm estudo realizado pela IAB Brasil em parceria com a comScore identificou o crescimento da importância do mercado online no Brasil. A internet já é apontada como a mídia mais importante para 88% dos brasileiros, muito à frente da televisão, revistas e jornais.

Nos lares com brasileiros conectados, a internet é a mídia mais utilizada. A pesquisa retornou que 40% dos entrevistados passam pelo menos duas horas por dia navegando, enquanto apenas 27% ficam o mesmo tempo em frente à televisão.
Continuar lendo

Publicidade online atrai consumidores brasileiros

Publicidade online Os consumidores brasileiros estão cada vez mais ambientados à publicidade online. Pelo menos é o que aponta pesquisa realizada pelo IBOPE Media, sobre a receptividade dos internautas com a propaganda na web.

Os dados levantados pelo IBOPE Media indicam que 33% dos entrevistados consideram a publicidade online mai divertida que as divulgações feitas em outros meios e outros 28% se dizem influenciados pela publicidade em redes sociais.

Publicidade online ajuda a motivar compras

De acordo com a pesquisa, 22% dos entrevistados afirmaram que anúncios na web serviram como motivação para a compra de produtos ou serviços na internet durante o mês de outubro de 2012. Entre os entrevistados, 21% consideraram que os resultados em sites de busca foram um incentivo para a compra de produtos online, assim como, para 17%, os anúncios em sites visitados influenciaram na decisão de compra. Continuar lendo