Google Apps deixa de ser oferecido gratuitamente

google appsNa última quinta-feira (6), o Google anunciou que deixaria de oferecer gratuitamente para pequenas empresas o seu software de produtividade, o Google Apps for Business. O software inclui serviços corporativos como Gmail, Google Docs e Google Drive.

Segundo publicação do Google em seu blog oficial, com a mudança, as pequenas empresas também terão que pagar US$50/ano por usuário, o mesmo valor que já é cobrado das empresas maiores pela utilização do serviço. A medida tem efeito para todos os novos clientes que se registrarem a partir de 7 de dezembro.

A versão básica do Google Apps era oferecida gratuitamente para empresas com 50 funcionários ou menos. Segundo o Google, esse formato de oferta do produto deixou de ser interessante, pois não supria todas as necessidades dos clientes, como suporte em tempo integral e caixas de e-mail maiores.

Como fica o Google Apps com as mudanças:

Clientes Atuais: De acordo com as informações do Google, a mudança não afeta os clientes atuais, incluindo os que usam a versão padrão. Então, se a sua empresa já utiliza a versão gratuita do Google Apps, ela poderá continuar usando essa versão sem a necessidade de pagamento. No entanto, não terá direito aos serviços adicionais que forem incluídos na versão Premium.

Novos clientes: Com a atualização na forma de oferecer o serviço, em vez de duas versões do Google Apps – Básica e Premium – haverá apenas uma, a Premium, que não distinguirá mais a empresa pelo seu tamanho. Essa mudança será aplicada aos novos clientes do Google Apps for Business, que deverão pagar pelo serviço. A versão Premium inclui suporte 24/7, caixa de e-mail de 25GB, 99,9% de disponibilidade do serviço.

Contas individuais: Os usuários individuais podem continuar a usando o Google Apps de forma gratuita, mas a partir de agora será necessário ter uma conta Google para acessar as ferramentas.

Fonte: Blog Oficial do Google
(Helbert Fernandes)


Acesse também:
“Lei Carolina Dieckmann” é sancionada pela presidente Dilma Rousseff
E-mail marketing
Como se tornar um parceiro Webvenda

Comentários encerrados.